Filtro
Restabelecer
Ordenar porRelevância
vegetarianvegetarian
Restabelecer
  • Ingredientes
  • Dietas
  • Alergias
  • Nutrição
  • Técnicas
  • Cozinhas
  • Tempo
Sem


Quais são os benefícios de saúde do mel cru?

Quais são os benefícios de saúde do mel cru?

  1. O mel oferece vários benefícios à saúde. O mel cru, que vem direto da colméia, contém pólen de abelha saudável, própolis de abelha e muitos antioxidantes.

  2. A pesquisa não confirmou que o mel cru tem mais benefícios para a saúde do que o mel comum, mas algumas pessoas acreditam que o processamento e a pasteurização pelo qual o mel é submetido diminui muitos dos elementos benéficos. Algumas pessoas acreditam que, por isso, o mel cru oferece mais benefícios à saúde do que o mel comum.

  3. Neste artigo, comparamos os benefícios de saúde do mel cru e do mel regular.

O que é mel cru?

  1. O mel é um líquido doce e dourado feito por abelhas. As abelhas armazenam o mel em xícaras pequenas e hexagonais, chamadas de favo de mel. O mel cru vem direto do favo de mel.

  2. O mel da colméia contém pólen de abelha, cera de abelha e partes de abelhas mortas. Os fabricantes de mel geralmente passam o mel cru através de um filtro para remover o máximo de impurezas possível, mas alguns geralmente permanecem. Ainda é seguro comer.

  3. Ao contrário do mel cru, o mel comum passa por um processo de pasteurização. Isso significa que os fabricantes o aqueceram para matar células de levedura que podem afetar seu sabor, aumentar sua vida útil e torná-la mais transparente e atraente. No entanto, a pasteurização pode afetar adversamente o número de nutrientes no mel.

  4. Algumas evidências históricas estimam que os humanos usem o mel há mais de 8.000 anos. Nos tempos antigos, as pessoas usavam mel cru, mas hoje em dia a maioria usa mel pasteurizado.

  5. O mel oferece naturalmente as seguintes propriedades saudáveis:

  6. O mel cru também contém pólen de abelha e própolis, que é uma substância pegajosa e semelhante a cola que as abelhas usam para manter a colméia unida. O mel comum pode não conter os mesmos níveis de própolis e pólen de abelha que o mel cru.

  7. Uma revisão de 2017 sobre o mel e uma revisão de 2015 sobre o pólen de abelha relatam que a própolis e o pólen de abelha podem oferecer propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes, antibacterianas e anticâncer.

  8. As seções a seguir exploram sete benefícios à saúde com base em evidências do mel cru.

1. Efeitos antioxidantes

  1. Os pesquisadores acreditam que alguns dos principais benefícios de saúde do mel provêm do seu conteúdo antioxidante.

  2. O mel natural contém uma variedade de compostos que atuam como antioxidantes, incluindo fitoquímicos, flavonóides e ácido ascórbico.

  3. Os antioxidantes reduzem o estresse oxidativo no organismo, eliminando os radicais livres. Os cientistas vincularam o estresse oxidativo a uma série de condições crônicas de saúde, incluindo muitos tipos de câncer. Ao comer uma dieta rica em antioxidantes, as pessoas podem reduzir o risco de doenças crônicas.

  4. Algumas pessoas acreditam que a pasteurização reduz o número de antioxidantes no mel, o que significa que o mel pasteurizado pode não oferecer os mesmos benefícios que o mel cru.

  5. Não há pesquisas específicas sobre como a pasteurização afeta os antioxidantes do mel, mas estudos mostram que o aquecimento de outros alimentos pode reduzir seu conteúdo antioxidante.

2. Nutrição

  1. O mel contém nutrientes específicos que podem torná-lo uma adição saudável à dieta.

  2. A nutrição exata e a composição química do mel cru variam entre diferentes países e ambientes e dependem em parte de quais tipos de flores as abelhas coletam seu néctar. Independentemente desses fatores, o mel ainda contém compostos saudáveis, como antioxidantes, aminoácidos e vitaminas.

  3. Uma colher de sopa ou 21 gramas (g) de mel cru contêm 64 calorias e 16 g de açúcar. Esses valores podem variar entre marcas e lotes.

  4. O mel natural contém naturalmente pequenas quantidades das seguintes vitaminas e minerais:

  5. O mel contém naturalmente açúcar. Um pouco mais da metade do açúcar no mel é frutose. A pesquisa ligou a frutose a vários problemas de saúde.

  6. No entanto, mesmo com seu teor de frutose, o mel pode ser uma opção mais saudável do que o açúcar de mesa. Algumas pesquisas sugerem que o mel pode oferecer um efeito protetor contra o diabetes e alguns tipos de mel podem ajudar a melhorar os níveis de colesterol.

  7. Pessoas que têm diabetes ou estão em dietas com restrição de açúcar podem optar por comer mel com moderação para evitar alterações significativas nos níveis de açúcar no sangue. O mel puro tem um índice glicêmico (IG) de 58, o que significa que tem um efeito médio nos níveis de açúcar no sangue. Aprenda sobre a escala GI aqui.

3. Ação antibacteriana

  1. O mel é um agente antibacteriano e antimicrobiano natural. Contém peróxido de hidrogênio e glicose oxidase e possui um baixo nível de pH, o que significa que pode matar bactérias e fungos nocivos. Além disso, devido à sua composição química única, não ajuda o fermento ou bactérias a crescer.

  2. Devido à sua ação antibacteriana, as pessoas podem usá-lo para limpar feridas

  3. A pesquisa mostrou que o mel manuka, que é um tipo de mel cru, pode matar patógenos comuns, incluindo:

4. Cicatrização

  1. Numerosos estudos sugeriram que o mel funciona bem como curativo de cicatrização.

  2. Uma revisão confirma que o mel é útil na cicatrização de feridas por causa de suas propriedades antibacterianas, anti-inflamatórias e antioxidantes. Algumas evidências também sugerem que o mel tem propriedades antivirais e antifúngicas.

  3. Além disso, o mel é ácido, o que ajuda a liberar oxigênio da ferida e promover a cicatrização.

  4. Aplique o mel cru diretamente em pequenos cortes e queimaduras e coloque gaze ou curativo sobre a ferida. Como alternativa, as pessoas podem comprar produtos de mel manuka para tratamento de feridas em algumas farmácias ou escolher entre marcas on-line.

5. Aliviando a tosse

  1. Vários estudos sugeriram que o mel pode ser tão ou mais eficaz do que alguns medicamentos sem prescrição médica para tosse. Muitos medicamentos para tosse não são seguros para as crianças mais novas, portanto o mel pode ser uma boa alternativa para crianças com mais de um ano de idade.

  2. Uma metanálise sugere que o mel pode fornecer uma maneira eficaz de diminuir a gravidade e a frequência da tosse noturna de uma criança. Um estudo em pequena escala descobriu que um leite e um tipo de mistura de mel aliviam a tosse das crianças tão eficazmente quanto um medicamento sem receita médica.

  3. Para aliviar a tosse, tome uma colher de chá de mel cru e depois evite outros líquidos ou alimentos para permitir que o mel cubra a garganta.

6. Tratar diarréia

  1. O mel cru pode ter um efeito calmante na digestão, ajudando com sintomas de diarréia.

  2. Um estudo com 150 crianças com gastroenterite aguda descobriu que aquelas que receberam mel com uma solução de reidratação oral tiveram uma recuperação melhor da diarréia do que aquelas que não receberam mel. As crianças que receberam mel tiveram menos evacuações e se recuperaram mais rapidamente da doença.

  3. Para ajudar a tratar a diarréia leve, tente tomar uma colher de chá de mel cru ou misturar mel com uma bebida. Evite tomar muito mel, porque o excesso de açúcar pode piorar a diarréia.

7. Protegendo o cérebro

  1. Algumas evidências sugerem que o mel pode ter poderes antioxidantes e anti-inflamatórios que podem beneficiar o cérebro. Um estudo em animais descobriu que ratos que consumiam mel tinham proteção contra danos cerebrais causados ​​pela exposição ao chumbo.

  2. Além disso, uma revisão afirma que o mel cru pode conter ingredientes que ajudam a combater a inflamação no hipocampo, uma parte do cérebro envolvida na memória.

Riscos

  1. Enquanto uma pessoa não é alérgica ao pólen de abelha, o mel cru geralmente é seguro de usar.

  2. Os Centros de Controle e Proteção de Doenças (CDC) dizem que as pessoas não devem dar mel a bebês com menos de 1 ano de idade por causa do risco de botulismo infantil. O mel é seguro a partir dos 1 anos de idade. Isso se aplica ao mel cru e regular.

Escolhendo o tipo certo de mel

  1. Mel cru terá um rótulo que diz "mel cru". Se o rótulo não incluir a palavra "cru" ou não vier diretamente de um agricultor ou apicultor que possa confirmar que é cru, o fabricante provavelmente o pasteurizou.

  2. O rótulo também pode descrever o tipo de flores que as abelhas polinizaram para produzir esse mel. O tipo de flor determina o sabor, a cor e o teor de antioxidantes e vitaminas do mel.

  3. Muitos tipos de mel pasteurizado têm rótulos que dizem "mel puro". Outros podem dizer "mel de trevo" ou afirmar que eles vêm de uma área local. Mesmo os produtos rotulados como "mel orgânico" podem não estar crus, pois alguns fabricantes pasteurizam o mel orgânico.

  4. Alguns produtos de mel processados ​​contêm xarope de milho com alto teor de frutose ou outros aditivos. Verifique o rótulo para garantir que o mel seja puro.

  5. O mel cru se tornou mais popular nos últimos anos, e as pessoas agora podem comprá-lo em muitas mercearias e lojas de alimentos naturais. Os mercados dos agricultores também vendem mel cru, às vezes diretamente do apicultor.

  6. As lojas on-line oferecem uma ampla gama de marcas, tanto de mel cru como de mel comum.

Quando o mel cru se transformar em 'açúcar'

  1. O mel cru pode cristalizar após alguns meses de armazenamento. Isso significa que o mel fica com uma textura granulada ou semelhante a açúcar. O mel cristalizado é seguro para comer e tem o mesmo sabor.

  2. Para tornar o mel líquido novamente, use uma técnica de aquecimento suave:

  3. Não coloque no microondas o mel cru nem o coloque diretamente em água fervente ou sobre uma panela quente, pois isso pode destruir alguns de seus nutrientes.

Resumo

  1. Use um dos seguintes formatos para citar este artigo em seu ensaio, artigo ou relatório:

  2. Observe: Se nenhuma informação de autor for fornecida, a fonte será citada.

  3. O mel cru pode conter nutrientes que o mel comum não contém. Isso significa que o mel cru pode potencialmente oferecer mais ou mais poderosos benefícios à saúde. No entanto, a pesquisa não confirmou isso.

  4. O mel cru pode conter elementos extras, como pólen de abelha e própolis de abelha, que podem oferecer propriedades antioxidantes e antibacterianas adicionais.

  5. A pesquisa sobre os usos medicinais do mel cru é promissora. Os estudos sobre suas propriedades curativas e nutrição sugerem que o mel cru pode ser um adoçante mais saudável que o açúcar.

  6. Artigo revisado pela quarta-feira, 17 de abril de 2019.Visite a nossa página de categoria Nutrição / Dieta para obter as notícias mais recentes sobre esse assunto, ou inscreva-se na nossa newsletter para receber as atualizações mais recentes sobre Nutrição / Dieta. Todas as referências estão disponíveis na guia Referências.



Donate - BNB: bnb16ghhqcjctncdczjpawnl36jduaddx5l4eysm5c