Filtro
Restabelecer
Ordenar porRelevância
vegetarianvegetarian
Restabelecer
  • Ingredientes
  • Dietas
  • Alergias
  • Nutrição
  • Técnicas
  • Cozinhas
  • Tempo
Sem


Os feijões são bons para o diabetes?

Os feijões são bons para o diabetes?

  1. A American Diabetes Association (ADA) criou uma lista de alimentos benéficos para diabetes, ou superalimentos diabéticos, que são "ricos em vitaminas, minerais, antioxidantes e fibras" e podem ajudar a prevenir doenças. Os feijões estão no topo desta lista.

  2. Este artigo discute os benefícios do feijão, sua nutrição e os melhores tipos de feijão para consumir.

Benefícios dos grãos

  1. O feijão é uma fonte excelente e acessível de proteínas, fibras e minerais. A adição de feijão a uma refeição pode ajudar as pessoas a manter os níveis de açúcar no sangue estáveis ​​e a manter o corpo saudável.

  2. As seções a seguir discutem os benefícios do feijão para a diabetes.

Carboidratos

  1. Embora os grãos contenham carboidratos, eles são baixos na escala do índice glicêmico (IG) e não causam picos significativos nos níveis de açúcar no sangue de uma pessoa.

  2. O feijão é um carboidrato complexo. O corpo digere esta forma mais lentamente do que outros carboidratos, ajudando a manter os níveis de açúcar no sangue estáveis ​​por mais tempo.

  3. Segundo a Universidade da Califórnia, uma porção de 1/2 xícara dos seguintes grãos contém 125 calorias, 15 gramas (g) de carboidratos, 7 g de proteína e 0-3 gramas de gordura quando cozido:

  4. O feijão cozido pode conter mais carboidratos. As latas de feijão também podem conter muito açúcar, portanto verifique o rótulo antes de comprar.

  5. As últimas diretrizes da ADA, publicadas em 2019, afirmam que "não existe uma porcentagem ideal de calorias de carboidratos, proteínas e gorduras para todas as pessoas com diabetes". Em vez disso, eles recomendam que as pessoas sigam uma dieta baseada em suas necessidades individuais. As pessoas podem elaborar seu plano de dieta pessoal com um nutricionista ou profissional de saúde.

Fibra

  1. Alimentos ricos em fibras, incluindo feijão, podem reduzir o impacto de alimentos com alto IG nos níveis de açúcar no sangue. Isso ocorre porque a fibra desacelera o processo digestivo, o que ajuda a manter os níveis de açúcar no sangue estáveis ​​por mais tempo.

  2. Comer feijão fornecerá a uma pessoa um suprimento constante de glicose, em vez do repentino aumento de energia associado a carboidratos simples.

  3. A fibra oferece benefícios adicionais para a saúde do coração. A American Heart Association (AHA) afirma que a fibra alimentar melhora os níveis de colesterol no sangue e diminui o risco de doenças cardíacas, derrame e obesidade, que são possíveis complicações do diabetes.

Proteína

  1. O feijão é uma excelente fonte de proteína à base de plantas. A proteína é essencial para o crescimento e reparo do tecido corporal.

  2. O corpo pode decompor proteínas em glicose para usar como energia. No entanto, isso leva mais tempo do que quebrar carboidratos, retardando o processo digestivo.

  3. Alimentos ricos em proteínas podem ajudar as pessoas a se sentirem mais cheias por mais tempo, reduzindo o risco de comer demais e obesidade.

  4. Segundo a ADA, uma xícara de feijão pode oferecer a proteína equivalente a 1 grama de carne, mas sem a gordura saturada. Eles fornecem uma maneira econômica, de baixo teor calórico, de adicionar proteínas à dieta.

Vitaminas e minerais

  1. O feijão é rico em nutrientes, contendo vitaminas e minerais com pouca ou nenhuma gordura trans, sal e colesterol. Essa é uma das razões pelas quais os grãos são tão bons em reduzir o risco de doenças de uma pessoa.

  2. O feijão contém muitas vitaminas e minerais essenciais, incluindo:

Efeitos negativos

  1. A maioria das pessoas pode incluir feijão como parte de uma dieta saudável.

  2. No entanto, se uma pessoa não consome muita fibra alimentar, deve aumentar lentamente a ingestão de feijão. Isso ocorre porque o sistema digestivo pode levar algum tempo para se acostumar com alimentos ricos em fibras, o que pode causar inchaço e gases.

  3. As enzimas intestinais naturais do corpo não conseguem digerir fibras e amidos encontrados no feijão. Em vez disso, um processo que os cientistas chamam de fermentação bacteriana quebra esses amidos e fibras. É esse processo de fermentação que causa o gás extra.

  4. Enquanto algumas pessoas podem achar isso desconfortável, não é prejudicial.

  5. O feijão de uma lata é um bom atalho para cozinhar o feijão cru. No entanto, o feijão enlatado geralmente contém muito sal. Lave bem os grãos para reduzir o sal antes de comê-los.

  6. O molho de feijão e o feijão frito geralmente contêm gorduras, sal e outros ingredientes que podem reduzir o efeito benéfico do feijão, por isso é importante ler atentamente os rótulos nutricionais.

Como adicionar feijão à dieta

  1. O feijão é uma adição muito versátil à dieta. As pessoas podem adicioná-las a saladas ou chilis, usá-las como acompanhamento ou prato principal ou transformá-las em hambúrgueres de feijão.

  2. Semelhante à maioria dos vegetais, as variedades cruas são as mais saudáveis. Comprar feijão cru significa que uma pessoa tem total controle sobre como cozinhá-lo e o que adiciona a ele.

  3. Mergulhe o feijão cru em água por 8 a 12 horas antes de usá-lo e depois enxágue-o bem. Isso ajuda a reduzir os efeitos colaterais, como inchaço e gases.

  4. O feijão enlatado pode ser uma boa alternativa ao feijão cru e oferecer um atalho no processo de cozimento. Ao usar feijão enlatado, escolha um produto sem adição de sal ou enxágue bem o feijão antes de usá-lo para reduzir o sal adicionado.

  5. Ao comprar feijão, procure marcas que tenham um teor total menor de carboidratos e açúcar. As pessoas também podem fazer feijões cozidos em casa para controlar totalmente a contagem de açúcar e carboidratos.

  6. Para incluir mais feijões na dieta, tente as seguintes idéias:

  7. Pesquise mais receitas on-line ou consulte um nutricionista para obter mais idéias sobre como incluir feijão na dieta.

Resumo

  1. O feijão oferece muitos benefícios à saúde das pessoas com diabetes. Eles são um superalimento versátil e rico em nutrientes que pode ajudar a controlar os níveis de açúcar no sangue e combater doenças.

  2. Os benefícios para as pessoas que sofrem de diabetes incluem alta proteína e fibra, baixo teor de gordura e baixa IG. Se estiver trabalhando com um nutricionista, fale com eles sobre como adicionar mais grãos ao plano de dieta.

  3. Use um dos seguintes formatos para citar este artigo em seu ensaio, papel ou relatório:

  4. Observe: Se nenhuma informação de autor for fornecida, a fonte será citada.



Donate - BNB: bnb16ghhqcjctncdczjpawnl36jduaddx5l4eysm5c