Filtro
Restabelecer
Ordenar porRelevância
vegetarianvegetarian
Restabelecer
  • Ingredientes
  • Dietas
  • Alergias
  • Nutrição
  • Técnicas
  • Cozinhas
  • Tempo
Sem


Os benefícios e riscos de comer cascas de ovos

Conclusão

  1. Obter cálcio dietético suficiente é fácil para a maioria das pessoas.

  2. No entanto, outros não atendem às suas necessidades diárias devido a dietas restritivas, baixa ingestão de alimentos ou escassez de alimentos. Para essas pessoas, fontes baratas de cálcio, como cascas de ovos, podem ser úteis.

  3. Sem mencionar, o uso de cascas de ovos é uma excelente maneira de reduzir o desperdício de sua cozinha, mesmo que só um pouquinho.

  4. Este artigo analisa os riscos e benefícios dos suplementos de casca de ovo.

O que é uma casca de ovo?

  1. Uma casca de ovo é a cobertura externa dura de um ovo. Consiste principalmente em carbonato de cálcio, uma forma comum de cálcio. O restante é composto de proteínas e outros minerais (1).

  2. O cálcio é um mineral essencial que é abundante em muitos alimentos, incluindo produtos lácteos. Quantidades mais baixas também são encontradas em muitos vegetais de folhas e raízes.

  3. Nas últimas décadas, o pó de casca de ovo processado a partir de ovos de galinha foi usado como um suplemento natural de cálcio. Cascas de ovos são aproximadamente 40% de cálcio, com cada grama fornecendo 381-401 mg (2, 3).

  4. Meia casca de ovo pode fornecer cálcio suficiente para atender às necessidades diárias dos adultos, que são 1.000 mg por dia (2, 4).

O pó de casca de ovo é um suplemento eficaz de cálcio

  1. As cascas dos ovos consistem em carbonato de cálcio, junto com pequenas quantidades de proteína e outros compostos orgânicos.

  2. O carbonato de cálcio é a forma mais comum de cálcio na natureza, constituindo conchas, recifes de coral e calcário. É também a forma mais barata e mais amplamente disponível de cálcio em suplementos.

  3. Estudos em ratos e leitões confirmam que as cascas de ovos são uma rica fonte de cálcio. Além disso, eles são absorvidos com a mesma eficácia que o carbonato de cálcio puro (2, 5, 6).

  4. Alguns até sugerem que sua absorção é melhor do que a dos suplementos de carbonato de cálcio purificados.

  5. Um estudo em células isoladas descobriu que a absorção de cálcio era até 64% maior em pó de casca de ovo em comparação com carbonato de cálcio puro. Os pesquisadores atribuíram esses efeitos a certas proteínas encontradas nas cascas de ovos (1).

  6. Além de cálcio e proteínas, as cascas de ovos também contêm pequenas quantidades de outros minerais, incluindo estrôncio, fluoreto, magnésio e selênio. Assim como o cálcio, esses minerais podem desempenhar um papel na saúde óssea (3, 7, 8, 9, 10).

Isso pode reduzir o risco de osteoporose

  1. A osteoporose é uma condição de saúde caracterizada por ossos fracos e um risco aumentado de fraturas ósseas. Em 2010, afetou cerca de 54 milhões de americanos mais velhos (11).

  2. A velhice é um dos fatores de risco mais fortes para a osteoporose, mas a ingestão inadequada de cálcio também pode contribuir para a perda óssea e a osteoporose ao longo do tempo.

  3. Se sua dieta está sem cálcio, tomar suplementos pode ajudá-lo a atender às suas necessidades diárias. Casca de ovo em pó é uma opção barata.

  4. Um estudo em mulheres na pós-menopausa com osteoporose descobriu que tomar pó de casca de ovo, juntamente com vitamina D3 e magnésio, fortaleceu significativamente seus ossos, melhorando a densidade mineral óssea (12).

  5. O pó de casca de ovo pode até ser mais eficaz na redução do risco de osteoporose do que o carbonato de cálcio purificado.

  6. Um estudo realizado em mulheres holandesas na pós-menopausa descobriu que o pó de casca de ovo melhorou a densidade mineral óssea no pescoço em comparação com um placebo. Por outro lado, o carbonato de cálcio purificado não o melhorou significativamente (13).

Suplementos à membrana da casca de ovo podem beneficiar a saúde das articulações

  1. A membrana da casca do ovo está localizada entre a casca do ovo e a clara do ovo. É facilmente visível quando você descasca um ovo cozido.

  2. Embora tecnicamente não faça parte da casca do ovo, geralmente é anexado a ela. Ao fazer pó de casca de ovo em casa, não é necessário remover a membrana.

  3. A membrana da casca de ovo consiste principalmente de proteínas na forma de colágeno. Ele também contém pequenas quantidades de sulfato de condroitina, glucosamina e outros nutrientes.

  4. É improvável que as quantidades vestigiais desses compostos benéficos na membrana da casca de ovo tenham efeitos significativos em sua saúde.

  5. No entanto, alguns estudos mostram que a ingestão regular de suplementos à membrana da casca de ovo pode beneficiar suas articulações. São necessários mais estudos para confirmar sua eficácia potencial (14, 15, 16, 17).

Riscos de comer cascas de ovos

  1. Quando preparado corretamente, a casca de ovo em pó é considerada segura. É preciso ter em mente apenas algumas coisas.

  2. Primeiro, não tente engolir grandes fragmentos de casca de ovo, pois eles podem ferir sua garganta e esôfago. O próximo capítulo fornece algumas dicas sobre como moer cascas de ovos em pó.

  3. Segundo, as cascas de ovos podem estar contaminadas com bactérias, como Salmonella enteritidis. Para evitar o risco de intoxicação alimentar, ferva os ovos antes de comer a casca (18, 19).

  4. Finalmente, os suplementos naturais de cálcio podem conter quantidades relativamente altas de metais tóxicos, incluindo chumbo, alumínio, cádmio e mercúrio (20).

  5. No entanto, as quantidades desses elementos tóxicos nas cascas de ovos tendem a ser menores do que em outras fontes naturais de cálcio, como as cascas de ostras, e geralmente não é uma preocupação (3, 21).

Como suplementar com cascas de ovos

  1. Você pode fazer seus próprios suplementos de casca de ovo em casa ou comprar pó de casca de ovo pré-fabricado em lojas de produtos naturais.

  2. O pó da casca dos ovos pode ser feito em casa usando um pilão e almofariz. Outros relataram usar um rolo ou um liquidificador e uma peneira para filtrar partículas maiores.

  3. Certifique-se de triturar as cascas dos ovos em pó ou em fragmentos muito pequenos antes de comê-las.

  4. Se você planeja armazenar o pó para uso posterior, é uma boa idéia secar as conchas antes de esmagá-las.

  5. Você pode adicionar o pó aos alimentos ou misturá-lo com água ou suco. Um estudo concluiu que alguns dos melhores alimentos para adicionar pó de casca de ovo são pão, espaguete, pizza e carne frita à milanesa (2).

  6. Aproximadamente 2,5 gramas de casca de ovo devem ser suficientes para atender aos requisitos diários de cálcio de um adulto.

  7. Para estar seguro, modere sua ingestão e não tome suplementos de cálcio, a menos que seja recomendado por um profissional de saúde.

  8. Alguns especialistas desencorajam a ingestão regular de suplementos de cálcio e duvidam de seus benefícios para a saúde óssea.

  9. Eles também estão preocupados que a ingestão excessiva de cálcio possa causar problemas de saúde, como pedras nos rins, e potencialmente aumentar o risco de doença cardíaca (22).

Conclusão

  1. Cascas de ovos não são apenas uma das fontes mais baratas de cálcio - elas também parecem estar entre as mais eficazes.

  2. Se você tiver dificuldades para atender às suas necessidades de cálcio ou se sofre de osteoporose, o pó de casca de ovo caseiro é uma alternativa eficaz e barata aos suplementos comerciais.

  3. De fato, estudos mostram que o cálcio da casca dos ovos é bem absorvido e pode fortalecer os ossos das pessoas com osteoporose.

  4. É fácil preparar o pó da casca de ovo em casa. Depois de ferver e secar as conchas, você pode esmagá-las com um pilão e argamassa e misturar o pó com água ou adicioná-lo aos alimentos.



Donate - BNB: bnb16ghhqcjctncdczjpawnl36jduaddx5l4eysm5c