Filtro
Restabelecer
Ordenar porRelevância
vegetarianvegetarian
Restabelecer
  • Ingredientes
  • Dietas
  • Alergias
  • Nutrição
  • Técnicas
  • Cozinhas
  • Tempo
Sem


O que saber sobre bacalhau

O que saber sobre bacalhau

  1. Algumas das melhores maneiras de consumir bacalhau são cozidas no vapor, assadas ou grelhadas. Também combina bem com legumes ou curry.

  2. A maioria dos tipos de peixe, especialmente espécies maiores, contém mercúrio. O mercúrio pode ser tóxico em grandes quantidades, por isso é melhor evitar consumir muito. No entanto, o bacalhau não é rico em mercúrio. Isso significa que, para a maioria das pessoas, é possível consumir bacalhau sem esse risco.

  3. Este artigo discutirá os benefícios e riscos da ingestão de bacalhau.

Alto teor de proteína

  1. Como outros tipos de peixe, o bacalhau é naturalmente rico em proteínas. Especificamente, 100 gramas (g) de bacalhau cozido contêm cerca de 20 g de proteína.

  2. A proteína é uma parte essencial de qualquer dieta. As proteínas apóiam a "estrutura, função e regulação" das células, tecidos e órgãos do corpo.

  3. A proteína contém aminoácidos. É essencial obter alguns desses aminoácidos dos alimentos, pois não é possível para o corpo produzi-los. Muitas fontes de proteína à base de plantas não contêm esses aminoácidos essenciais, mas os peixes contêm.

  4. O bacalhau também é uma fonte saudável de proteína. Existem cerca de 0,25 g de gordura e 84 calorias em 100 g de bacalhau.

  5. As evidências sugerem que a obtenção de proteínas de fontes mais saudáveis ​​pode trazer uma série de benefícios à saúde, como reduzir o risco de diabetes e doenças cardíacas.

  6. Fontes menos saudáveis ​​de proteína são alimentos como carne vermelha e queijo.

  7. É importante ingerir proteínas todos os dias, pois o corpo armazena as proteínas de maneira diferente de outros macronutrientes, como carboidratos.

  8. As Academias Nacionais de Ciências, Engenharia e Medicina aconselham que os adultos pretendam incluir pelo menos 0,8 g de proteína por quilograma de peso corporal em sua dieta diária.

Ácido graxo ômega-3

  1. O baixo teor de gordura do bacalhau consiste principalmente em ácidos graxos ômega-3. O corpo não pode produzir ácidos graxos ômega-3, então as pessoas devem obtê-los de sua dieta.

  2. Os ácidos graxos ômega-3 são importantes para o funcionamento celular e contribuem para o funcionamento dos sistemas cardiovascular, endócrino e imunológico.

  3. Esses ácidos graxos parecem ter muitos benefícios à saúde, como proteção contra doenças cardiovasculares.

  4. Os ácidos graxos ômega-3 são menos comuns que outros ácidos graxos, como o ômega-6. O peixe, incluindo o bacalhau, é uma rica fonte de ácidos graxos ômega-3.

Vitaminas

  1. O bacalhau é uma boa fonte de várias vitaminas, incluindo as vitaminas E, A, C. É também uma excelente fonte de várias vitaminas B, especialmente B-6 e B-12.

  2. As vitaminas desempenham uma série de funções importantes no organismo, e uma deficiência de vitaminas pode ter consequências negativas para a saúde.

  3. Por exemplo, a vitamina B-6 é importante para processos metabólicos e desenvolvimento do cérebro. A vitamina B-12 suporta células nervosas e sanguíneas. Também é importante para prevenir problemas de saúde, como anemia e manter os níveis de energia.

  4. A vitamina B-12 está presente principalmente em produtos de origem animal e peixe. Uma pessoa pode obter outras vitaminas B de fontes vegetais e animais. O bacalhau contém as vitaminas B-6 e B-12.

Minerais

  1. O bacalhau também contém vários minerais, incluindo fósforo, potássio e selênio.

  2. O potássio suporta os músculos e o sistema nervoso. O fósforo é importante para manter os ossos saudáveis, regular os batimentos cardíacos e manter a função renal. O selênio é importante para a função da tireóide, reprodução, produção de DNA e sistema imunológico.

  3. O corpo precisa de uma variedade de minerais para funcionar corretamente. Assim como as vitaminas, é importante obter minerais da dieta.

Riscos potenciais

  1. Consumir bacalhau em quantidades moderadas é seguro e geralmente sem efeitos adversos.

  2. O bacalhau, como a maioria dos tipos de peixe, contém mercúrio. O consumo excessivo de mercúrio pode ser tóxico e causar distúrbios neurológicos e comportamentais. Pode ser particularmente problemático em crianças.

  3. Os peixes contêm naturalmente mercúrio, em parte pelo consumo de outros peixes. Pode valer a pena limitar o consumo de peixes grandes, como espadarte, azulejo e carapau. É importante notar que o atum albacora tem significativamente mais mercúrio do que o atum claro enlatado.

  4. No entanto, o bacalhau não contém grandes quantidades de mercúrio. Portanto, o consumo moderado de bacalhau não deve causar problemas na maioria das pessoas.

Durante a gravidez

  1. Em geral, o bacalhau é seguro para as mulheres grávidas consumirem em quantidades moderadas.

  2. A Food and Drug Administration (FDA) recomenda que as mulheres grávidas consumam 8-12 onças (oz) de peixe com baixo teor de mercúrio. Consumir muito mercúrio pode prejudicar o feto.

  3. O bacalhau é mais baixo em mercúrio do que muitos outros peixes. Comer entre 8 e 12 onças de bacalhau por semana deve ser seguro para mulheres grávidas. Outros exemplos de peixes com baixo teor de mercúrio são a sardinha e o arenque.

Adicionando à dieta

  1. Existem várias maneiras de adicionar mais bacalhau à dieta, como consumir filetes de bacalhau.

  2. O melhor método para comer um filé de bacalhau seria cozer no vapor, grelhar ou assar. Também é possível fritar o filé, mas essa é uma maneira menos saudável de cozinhar.

  3. Bacalhau combina bem com legumes e curry. Também é possível transformar o bacalhau em uma torta ou usar farinha de rosca para revestir o peixe para dar um sabor adicional.

  4. Uma gama de produtos prontos também contém bacalhau, como bolos e palitos de peixe. No entanto, esses produtos geralmente são menos saudáveis.

Resumo

  1. O bacalhau é um alimento altamente nutritivo. É uma rica fonte de proteínas, ácidos graxos ômega-3, vitaminas e minerais. Também é baixa em calorias e contém quantidades muito pequenas de gordura.

  2. Geralmente é seguro comer em quantidades moderadas.

  3. As mulheres grávidas não devem consumir mais do que 8-12 onças de bacalhau por semana devido ao seu teor de mercúrio.

  4. A maneira mais saudável de comer bacalhau é grelhar ou assar o peixe e combiná-lo com um lado de legumes misturados.

  5. Use um dos seguintes formatos para citar este artigo em seu ensaio, artigo ou relatório:

  6. Observe: Se nenhuma informação do autor for fornecida, a fonte será citada.



Donate - BNB: bnb16ghhqcjctncdczjpawnl36jduaddx5l4eysm5c