Filtro
Restabelecer
Ordenar porRelevância
vegetarianvegetarian
Restabelecer
  • Ingredientes
  • Dietas
  • Alergias
  • Nutrição
  • Técnicas
  • Cozinhas
  • Tempo
Sem


Benefícios da raiz de mandioca Imunidade, pele e articulações mais

Fixações para tacos

  1. Rica em calorias, carboidratos e vitamina C, além de altamente versátil e cheia de sabor, a raiz de mandioca é um componente importante da dieta para milhões em todo o mundo. Pode ser purê, cozido, assado ou frito e trocado por batatas em praticamente qualquer receita. Também é usado para fazer uma variedade de farinhas sem glúten e espessantes de alimentos, como araruta, tapioca e farinha de mandioca.

  2. Com sua ampla gama de micronutrientes e antioxidantes, adicionar raiz de mandioca à sua dieta pode vir com uma longa lista de possíveis benefícios à saúde. Aqui está o que você precisa saber sobre este saboroso vegetal de raiz e como ele pode afetar sua saúde.

O que é raiz de mandioca?

  1. A mandioca, também conhecida como mandioca, mandioca, araruta brasileira ou Manihot esculenta, é um tipo de arbusto nativo da América do Sul. É frequentemente cultivada em regiões tropicais por sua raiz amilácea, considerada um alimento básico para cerca de meio bilhão de pessoas em todo o mundo. De fato, depois do milho e do milho, a raiz de mandioca é considerada a terceira maior fonte de carboidratos nos trópicos. (1)

  2. Disponível em variedades amargas e doces, o sabor da raiz de mandioca é frequentemente comparado às batatas e também possui uma textura fina que lembra a abóbora. Geralmente é cozido, frito ou moído em diferentes farinhas e pós usados ​​para assar.

  3. Lembre-se de que a raiz da mandioca não está relacionada à planta da mandioca, que é um gênero de arbustos e árvores perenes que produz aglomerados de flores de mandioca branca e frutos de mandioca. Muitas dessas plantas são usadas medicinalmente e também consumidas em muitos pratos diferentes. Alguns tipos comuns de plantas de mandioca incluem Yucca filamentosa, Yucca gloriosa, Yucca elephantipes, Yucca brevifolia e Yucca schidigera.

Benefícios da raiz de mandioca

  1. A mandioca é rica em antioxidantes, compostos benéficos que neutralizam os radicais livres para impedir o estresse oxidativo e os danos às células. A pesquisa sugere que os antioxidantes desempenham um papel central na saúde geral e podem proteger contra muitas condições crônicas, incluindo câncer, diabetes e doenças cardíacas. (2)

  2. A raiz de mandioca também contém uma dose concentrada de vitamina C e manganês, dois micronutrientes que também podem ajudar a minimizar o estresse oxidativo. Um estudo publicado pelo Centro Nacional de Pesquisa e Prevenção do Câncer, por exemplo, mostrou que a suplementação com vitamina C por cinco anos reduziu significativamente o estresse oxidativo e a formação de radicais livres. (3) Outro estudo in vitro realizado na Itália descobriu que o manganês era significativamente mais eficaz do que vários outros nutrientes na eliminação de radicais livres e na prevenção do estresse oxidativo. (4)

  3. Não há dúvida de que manter um forte sistema imunológico é essencial para a saúde em geral. Seu sistema imunológico é responsável por afastar invasores estrangeiros e manter bactérias, vírus e fungos fora do corpo para proteger contra doenças e infecções.

  4. Carregado com antioxidantes benéficos e vitamina C, a adição de mandioca em sua dieta é uma maneira simples de dar um impulso saudável ao sistema imunológico. De fato, um estudo publicado no Annals of Nutrition Metabolism mostrou que a ingestão de vitamina C suficiente foi capaz de reduzir os sintomas e diminuir a duração de infecções respiratórias, como o resfriado comum. Também foi demonstrado que melhora os resultados de condições como infecções por pneumonia, malária e diarréia. (5) Os antioxidantes, por outro lado, ajudam a combater os radicais livres e protegem contra o estresse oxidativo para evitar danos às células imunológicas. (6)

  5. A raiz de mandioca é um ingrediente comum encontrado em muitas rotinas naturais de cuidados com a pele. A casca pode ser usada para esfoliar a pele e remover as células mortas da pele, enquanto as raízes podem ser misturadas com mel ou azeite e aplicadas como uma máscara de pele para clarear a pele.

  6. Mesmo consumir raiz de mandioca em suas receitas favoritas pode ajudar a manter sua pele brilhante. É embalado com vitamina C, um nutriente envolvido na síntese de colágeno que se acredita possuir propriedades antienvelhecimento. A vitamina C também pode proteger contra os danos causados ​​pelo sol, eliminando os radicais livres nocivos e até demonstrou suprimir a produção de melanina para ajudar na prevenção de manchas escuras e hiperpigmentação. (7)

  7. A artrite é uma condição caracterizada por inchaço doloroso e rigidez nas articulações. Graças ao seu rico conteúdo de antioxidantes e manganês, a incorporação da raiz de mandioca em sua dieta pode ser especialmente útil para aliviar os sintomas da artrite reumatóide.

  8. O manganês é frequentemente recomendado como remédio natural para a artrite, e um estudo publicado no American Journal of Epidemiology mostrou que a suplementação de manganês estava associada a um menor risco de artrite reumatóide em mulheres mais velhas. (8) Da mesma forma, os antioxidantes na raiz da mandioca também podem ser especialmente benéficos no alívio da inflamação e na redução dos sintomas da artrite, com um estudo da Índia relatando que pessoas com artrite reumatóide apresentaram concentrações séricas de antioxidantes significativamente menores do que aquelas sem artrite. (9)

  9. O índice glicêmico é uma medida de quanto um determinado alimento pode aumentar seus níveis de açúcar no sangue. Alimentos com alto índice glicêmico podem aumentar rapidamente os níveis de açúcar no sangue, o que pode levar a sintomas de diabetes como fadiga e perda de peso involuntária.

  10. Comparada a muitos outros amidos, a mandioca tem um índice glicêmico bastante baixo de apenas 46. Por outro lado, as batatas cozidas têm um índice glicêmico de 78 e o arroz branco possui um índice glicêmico de 73. (10 ) Por esse motivo, a mandioca é frequentemente considerada um "bom carboidrato" e pode ser uma alternativa melhor a muitos outros carboidratos quando se trata do controle do açúcar no sangue.

  11. Obviamente, lembre-se de que a mandioca ainda é rica em carboidratos. Se você tem diabetes ou está em uma dieta controlada por carboidratos, é melhor incluir esse amido apenas com moderação e associá-lo a muitas gorduras e proteínas saudáveis ​​para ajudar a manter os níveis normais de açúcar no sangue.

Nutrição da raiz de mandioca

  1. A raiz de mandioca é rica em calorias e carboidratos, mas também contém uma boa parte da fibra, vitamina C e manganês que você precisa em um dia.

  2. Um copo (cerca de 206 gramas) de raiz de mandioca contém aproximadamente: (11)

  3. Além dos nutrientes listados acima, a raiz de mandioca também contém uma pequena quantidade de vitamina E, ácido pantotênico, cálcio, ferro e selênio.

  4. Embora não seja comumente usada na medicina holística, a raiz de mandioca se encaixa perfeitamente em uma dieta ayurvédica, que incentiva comer com as estações do ano e encher sua dieta com muitas frutas e vegetais frescos para melhorar a saúde. Os vegetais de raiz cozidos, como a mandioca, funcionam especialmente bem para aqueles com vata doshas, ​​pois são considerados mais pesados ​​e ancorados. Historicamente, a mandioca também era usada pelos povos indígenas para ajudar a tratar febre e calafrios, promover a fertilidade feminina e acalmar os músculos doloridos.

Raiz de mandioca vs. inhame vs. mandioca

  1. Então, qual é a diferença entre esses vegetais de raiz comuns? Raiz de mandioca e mandioca são na verdade a mesma planta, mas os termos "raiz de mandioca" ou "yuca" são mais comumente usados ​​nos Estados Unidos e em espanhol. Os inhames, por outro lado, são outro tipo de tubérculo comestível, mas na verdade pertencem a um gênero de plantas totalmente diferente.

  2. Embora a mandioca seja nativa da América do Sul, na verdade, o inhame é amplamente cultivado na Ásia, África e Américas. Eles têm uma pele áspera que suaviza quando aquecida e podem variar de marrom escuro a rosa. Eles podem ser preparados da mesma forma que a mandioca e podem ser trocados no lugar das batatas e cozidos, triturados ou assados ​​em uma variedade de receitas.

  3. Grama por grama em termos de nutrição, o inhame é mais baixo em calorias e carboidratos, mas também contém quase o dobro da fibra que a mandioca. Eles são um pouco mais baixos em vitamina C, mas contêm uma quantidade maior de outros nutrientes, como vitamina B6 e potássio. (12)

Onde encontrar e como usar Yucca

  1. Você geralmente encontra mandioca na seção de produtos do supermercado local, ao lado de outros tubérculos, como batata doce e inhame. Em alguns casos, pode ser necessário expandir sua pesquisa e verificar alguns mercados especializados da América Latina ou da Ásia para encontrá-la. Às vezes, também pode ser encontrado pré-descascado e cortado na seção do freezer. Procure por outros nomes, como yuca ou mandioca.

  2. Quer saber como cozinhar mandioca para tirar proveito da infinidade de benefícios à saúde que ela tem a oferecer? Existem muitas receitas deliciosas de mandioca por aí, de sopas e ensopados a cremes e bolos. Pode ser usado da mesma maneira que as batatas comuns. A mandioca frita é frequentemente usada para fazer batatas fritas, batatas fritas ou bolinhas de mandioca, mas também pode ser fervida e triturada para dar um toque mais saudável ao purê de batatas.

  3. Além da mandioca fresca, você também pode encontrar facilmente farinha de mandioca, feita com pó de raiz de mandioca, na seção de panificação da maioria dos supermercados. Essa alternativa popular sem glúten à farinha comum funciona muito bem para assados, como biscoitos, bolos, brownies e crepes. A farinha de tapioca (ou amido de tapioca) é outro tipo de farinha feita de mandioca, mas é feita a partir do amido da raiz, enquanto a farinha de mandioca é feita a partir de toda a raiz. A farinha de tapioca funciona bem para espessar líquidos e fazer pudins caseiros. A araruta é outro ingrediente popular feito de uma mistura de mandioca com outras raízes, que geralmente é adicionada a biscoitos, geleias e caldos.

Receitas de raiz de mandioca

  1. Procurando algumas maneiras criativas de aproveitar os muitos nutrientes e benefícios à saúde que esse vegetal rico em amido tem a oferecer? Aqui estão algumas idéias de receita de raiz de mandioca com as quais você pode começar a experimentar:

História

  1. Nativa da América do Sul, acredita-se que a raiz da mandioca tenha sido originalmente domesticada há não mais de 10.000 anos atrás, em torno das origens da agricultura humana. (13) No entanto, a evidência mais antiga de comida de mandioca é de aproximadamente 1.400 anos atrás, em Joya de Ceren, uma comunidade agrícola maia em El Salvador.

  2. Em 1492, a raiz de mandioca já era um alimento básico nas dietas dos povos indígenas da América do Sul, Mesoamérica e Caribe e é frequentemente apresentada em muitas formas de arte indígena, de pinturas a cerâmicas. Após a ocupação européia dessas regiões, o consumo de raiz de mandioca tornou-se mais difundido e Cuba começou a produzir pão de mandioca em massa.

  3. Mais tarde, foi introduzida em outras áreas, como a África e a Ásia, por traders europeus e, desde então, tornou-se um ingrediente importante em todo o mundo. Hoje, a Nigéria lidera as paradas como um dos maiores produtores de raiz de mandioca, seguida pela Nigéria, Tailândia e Brasil. (14)

Precauções

  1. Embora a raiz da mandioca ofereça muitos nutrientes e benefícios à saúde, ela também é rica em calorias e carboidratos e deve ser consumida com moderação como parte de uma dieta saudável. Adicione raiz de mandioca às suas refeições como amido no lugar de batatas ou grãos, mas certifique-se de associá-lo a muitos vegetais não ricos em amido e alimentos saudáveis ​​para proteínas para equilibrar sua refeição.

  2. Além disso, a preparação adequada é essencial ao consumir raiz de mandioca. As raízes da mandioca contêm uma substância que pode desencadear a produção de toxinas, como o cianeto, quando não processadas corretamente. O cozimento inadequado pode causar efeitos colaterais da raiz de mandioca, como vômitos, dores de estômago, tonturas e dores de cabeça.

  3. Opte por variedades doces em vez de amargas, sempre que possível, e descasque a mandioca, corte-a e cozinhe-a bem antes de saborear. Algumas pesquisas também mostram que a imersão por 48 a 60 horas antes do cozimento pode reduzir significativamente o potencial de toxicidade. (15)

  4. A raiz de mandioca também contém antinutrientes, compostos que podem interferir na absorção de certas vitaminas e minerais. Para a maioria das pessoas que comem raiz de mandioca com moderação, isso não deve ser uma grande preocupação, mas pode aumentar o risco de deficiências nutricionais para populações que a usam como alimento básico.

  5. Pelo que parece, você pode pensar que o intestino com vazamento afeta apenas o sistema digestivo, mas, na realidade, isso pode afetar mais. Porque Leaky Gut é tão comum, e um enigma, Estou oferecendo um seminário on-line gratuito sobre tudo o que está vazando. Clique aqui para saber mais sobre o webinar.



Donate - BNB: bnb16ghhqcjctncdczjpawnl36jduaddx5l4eysm5c