Filtro
Restabelecer
Ordenar porRelevância
vegetarianvegetarian
Restabelecer
  • Ingredientes
  • Dietas
  • Alergias
  • Nutrição
  • Técnicas
  • Cozinhas
  • Tempo
Sem


10 benefícios impressionantes da abóbora com chuchu

A linha de fundo

  1. O chuchu (Sechium edule) é um tipo de abóbora que pertence à família de cabaças Cucurbitaceae.

  2. Originalmente, vem do centro do México e de várias partes da América Latina, mas agora é cultivada em todo o mundo. Também é conhecido como mirliton squash ou chocho.

  3. O chuchu é carregado com uma variedade de nutrientes e compostos antioxidantes que fornecem muitos benefícios potenciais à saúde.

  4. Aqui estão 10 benefícios de saúde impressionantes da abóbora com chuchu.

1. Rico em nutrientes

  1. Um dos maiores atributos da abóbora com chuchu é o seu conteúdo nutricional, pois oferece várias vitaminas, minerais e fibras essenciais.

  2. Uma única abóbora-chuchu (203 gramas) fornece os seguintes nutrientes (1):

  3. Notavelmente, o chuchu é particularmente rico em folato, o que promove a divisão celular adequada.

  4. Além de sua densidade de nutrientes, o chuchu também é baixo em calorias, gordura, sódio e carboidratos totais. Como tal, é bastante saudável e é adequado para várias dietas (1).

2. Contém potentes antioxidantes

  1. Muitos dos benefícios do chuchu podem ser atribuídos ao seu conteúdo antioxidante.

  2. Antioxidantes são compostos encontrados em uma variedade de alimentos que protegem contra danos celulares, reduzem a inflamação e reduzem o estresse dentro do corpo (2).

  3. A abóbora com chuchu fornece os antioxidantes quercetina, miricetina, morina e kaempferol (2).

  4. Destas, a miricetina ocorre nas quantidades mais altas. A pesquisa sugere que a miricetina possui fortes propriedades anticancerígenas, antidiabetes e anti-inflamatórias (2, 3).

  5. Além disso, a abóbora com chuchu é uma excelente fonte de vitamina C, que serve como antioxidante em seu corpo (4).

3. Pode promover a saúde do coração

  1. Comer abóbora com chuchu pode melhorar vários fatores de risco para doenças cardíacas, como pressão alta, colesterol alto e fluxo sanguíneo ruim.

  2. A pesquisa em animais e tubos de ensaio indica que os compostos de chuchu podem ajudar a relaxar os vasos sanguíneos, melhorando assim o fluxo sanguíneo e reduzindo a pressão sanguínea (5).

  3. A micricetina, um antioxidante proeminente na abobrinha, também demonstrou diminuir o colesterol em alguns estudos em animais (3).

  4. Além disso, essa abóbora é uma boa fonte de fibra, fornecendo cerca de 14% do RDI. Maior ingestão de alimentos ricos em fibras, como o chuchu, está associado a um risco reduzido de doença cardíaca (1, 6).

4. Pode promover o controle de açúcar no sangue

  1. A abóbora é baixa em carboidratos totais e rica em fibras solúveis, o que pode ajudar a regular os níveis de açúcar no sangue (7).

  2. A fibra solúvel diminui a digestão e a absorção de carboidratos, o que reduz a resposta de açúcar no sangue depois de comer (8).

  3. O chuchu também pode melhorar o controle do açúcar no sangue afetando a insulina.

  4. A resistência à insulina é uma condição que ocorre quando suas células se tornam menos sensíveis à insulina - um hormônio que regula os níveis de açúcar no sangue.

  5. Isso leva a níveis progressivamente mais altos de açúcar no sangue e pode resultar em diabetes.

  6. A pesquisa sugere que compostos únicos de plantas no chuchu podem desempenhar um papel no aumento da sua sensibilidade à insulina, reduzindo a atividade de enzimas ligadas ao mau controle do açúcar no sangue e ao diabetes tipo 2 (9).

5. Pode apoiar uma gravidez saudável

  1. O folato, ou vitamina B9, é essencial para todas as pessoas - mas é particularmente importante para quem está grávida ou planeja engravidar.

  2. Durante o início da gravidez, o folato é necessário para o desenvolvimento adequado do cérebro e da medula espinhal fetais. A ingestão adequada de folato também pode ter um papel importante na prevenção de nascimentos prematuros (10).

  3. O chuchu é uma excelente fonte de folato, fornecendo mais de 40% do IDR em uma abóbora (1).

  4. Assim, incluir chuchu e outros alimentos ricos em folato como parte de uma dieta equilibrada é uma ótima maneira de apoiar uma gravidez saudável.

6. Pode ter efeitos anticâncer

  1. O maior consumo de frutas e vegetais está associado a um risco reduzido de vários tipos de câncer, incluindo os do trato digestivo (11).

  2. Os estudos em tubos de ensaio observam que certos compostos de chuchu podem retardar o crescimento e a progressão de algumas células cancerígenas, como as do câncer cervical e leucemia (12, 13).

  3. Embora esses resultados sejam promissores, as evidências atuais não são fortes o suficiente para sugerir que o chuchu tem efeitos de combate ao câncer em humanos.

  4. Por fim, são necessárias mais pesquisas.

7. Pode diminuir os sinais visíveis de envelhecimento

  1. Uma das principais teorias do envelhecimento se concentra em moléculas chamadas radicais livres que causam danos às células, levando a uma funcionalidade reduzida ao longo do tempo (14).

  2. Algumas pesquisas indicam que o consumo de alimentos ricos em antioxidantes pode retardar o processo de envelhecimento, protegendo as células dos danos causados ​​pelos radicais livres (14).

  3. A abóbora com chuchu está cheia de antioxidantes, um dos quais é a vitamina C.

  4. Além de sua capacidade antioxidante, a vitamina C é necessária para a produção de colágeno, uma das principais proteínas encontradas em sua pele. O colágeno é frequentemente creditado por dar à pele sua aparência firme e jovem (15).

  5. Assim, a ingestão adequada de alimentos ricos em vitamina C, como a abóbora-chuchu, pode ajudar a reduzir os sinais visíveis de envelhecimento (15).

  6. Além disso, um estudo recente em tubo de ensaio revelou um forte efeito protetor do extrato de chuchu nas células da pele humana contra danos causados ​​pela radiação UV (16).

  7. Por fim, são necessárias mais pesquisas sobre o chuchu e a saúde da pele.

8. Pode apoiar a função hepática

  1. A doença hepática gordurosa é uma condição na qual o excesso de gordura é depositado no tecido hepático. Muita gordura no fígado pode afetar sua capacidade de funcionar adequadamente (17).

  2. Os estudos em tubo de ensaio e em animais sugerem que o extrato de abóbora com chuchu pode proteger contra o acúmulo de gordura no fígado, potencialmente prevenindo ou tratando doenças hepáticas gordurosas (18, 19).

  3. Em um estudo, os ratos alimentados com uma dieta rica em gordura e tratados com extrato de chuchu apresentaram depósitos de colesterol e ácidos graxos significativamente mais baixos em seus fígados do que os ratos controle. Isso ocorreu devido a aparentes mudanças na função das enzimas envolvidas no metabolismo da gordura (19).

  4. Neste ponto, são necessárias mais pesquisas para entender como a abóbora-chuchu pode apoiar a saúde do fígado em humanos.

9. Pode promover um peso saudável

  1. A abóbora com chuchu possui muito poucas calorias, mas muita fibra - dois atributos que podem sustentar um peso saudável (20).

  2. Uma abóbora inteira (203 gramas) fornece 39 calorias e 4 gramas de fibra. A fibra diminui a velocidade de esvaziamento do estômago, deixando-o satisfeito e satisfeito por mais tempo - o que pode diminuir a ingestão de alimentos e promover a perda de peso (1, 21, 22).

  3. Além disso, pesquisas sugerem que o consumo de fibra alimentar pode aumentar hormônios de plenitude, como GLP-1 e peptídeo YY (23).

  4. Assim, adicionar abóbora à sua dieta pode ajudá-lo a manter o controle de seus objetivos de perda de peso.

10. Pode apoiar a saúde digestiva

  1. Seu trato digestivo é responsável por uma variedade de funções essenciais, incluindo desintoxicação, imunidade, digestão e absorção de nutrientes (24).

  2. O consumo de frutas e legumes, como a abóbora, aumenta a função digestiva.

  3. Os flavonóides, compostos vegetais que sustentam a digestão, são encontrados em grandes quantidades no chuchu (2).

  4. Pesquisas indicam que alimentos ricos em flavonóides auxiliam as enzimas digestivas envolvidas na remoção e excreção de resíduos no trato digestivo (24).

  5. Além disso, a ingestão adequada de alimentos ricos em fibras, como o chuchu, pode incentivar a função intestinal saudável e a manutenção de bactérias intestinais saudáveis.

  6. Por sua vez, esses benefícios promovem a regularidade intestinal e podem desempenhar um papel na prevenção de várias condições crônicas, como doenças cardíacas, diabetes tipo 2 e câncer de cólon (25).

Como adicioná-lo à sua dieta

  1. O chuchu é muito versátil e relativamente fácil de adquirir e preparar.

  2. Essas abóboras são verdes brilhantes e em forma de pêra, com muitos sulcos na pele. Seu sabor suave se presta a pratos doces e salgados.

  3. Embora classificadas botanicamente como frutas, as abobrinhas de chuchu são preparadas como vegetais. Cada parte da abóbora pode ser consumida, incluindo pele, carne e sementes. Você pode consumi-lo cru ou cozido.

  4. Quando servido cru, é um ótimo complemento para smoothies, salada de repolho e saladas. Como alternativa, é facilmente cozido no vapor, assado ou frito. Você pode até adicioná-lo a sopas, ensopados e caçarolas para obter um impulso extra de nutrição.

A linha de fundo

  1. A abóbora com chuchu é baixa em calorias, mas repleta de fibras, antioxidantes e nutrientes essenciais que a tornam uma adição saudável a quase qualquer dieta.

  2. Seus benefícios potenciais incluem apoiar uma gravidez saudável e promover a saúde do coração.

  3. Colorido e fácil de preparar, vale a pena experimentar o chuchu como parte de uma dieta equilibrada.