Filtro
Restabelecer
Ordenar porRelevância
vegetarianvegetarian
Restabelecer
  • Ingredientes
  • Dietas
  • Alergias
  • Nutrição
  • Técnicas
  • Cozinhas
  • Tempo
Sem


Atenção plena: em essência, trata-se da intenção certa

  1. Atenção plena é principalmente um conceito ambíguo. Por exemplo, a atenção plena é explicada à sua própria maneira nos diferentes ramos do budismo. No entanto, todos concordam que a atenção plena é permeada de moralidade e está conectada ao coração. Isso é algo que não está aparente na interpretação cotidiana do conceito, nem em sua aplicação. A atenção plena é, em muitos casos, aplicada com o objetivo de alcançar um determinado resultado, como 'entrar em equilíbrio' e 'encontrar paz mental'. Isso ignora a essência mais profunda que está por trás da atenção plena e, portanto, também o que a atenção plena realmente visa. Aqueles que desejam ser mais cuidadosos na vida fariam bem em enfatizar o cultivo do coração. O que isso significa?

Atenção plena na sociedade moderna

  1. Mindfulness é cada vez mais usado em uma base terapêutica e dentro de trajetórias de coaching. Aparentemente, tem obtido cada vez mais um objetivo independente dentro das instituições de assistência e bem-estar, mas também com uma ajuda estabelecida de forma independente, a saber: a remoção de queixas de ansiedade e estresse. [! 164928 => 1130 = 3827!] Trabalhe com a intenção certa em plena atenção

  1. Certifique-se de que a intenção com a qual você pratica a atenção plena desempenha o papel principal no aprofundamento da atenção. Porque é precisamente essa intenção que acaba valendo a pena. Você confia apenas em um determinado resultado? Então, você às vezes ficará desapontado. Porque o resultado é variável e, nessa medida, sempre imprevisível.

Moralidade e atenção plena

  1. Atenção plena e moralidade andam de mãos dadas, por assim dizer. A prática de vida budista, na qual a atenção adequada faz parte do caminho óctuplo, é baseada na moralidade. Precisamos estar moralmente cientes de nossas ações e comportamento. Não é sem razão que o monge budista Thich Nhat Han escreveu em 1998 que: o treinamento da atenção plena deve estar embutido no treinamento da moralidade - é aí que entra a intenção.

O fundamento da atenção plena

  1. Conforme você se aprofunda na literatura sobre o budismo, você descobrirá que o conceito de atenção plena está imbuído de elementos de amor, equanimidade e compreensão clara. Esses três elementos juntos formam a base da atenção plena.

Atenção

  1. Quando você não menciona os elementos amor, equanimidade e compreensão clara ao mesmo tempo com a explicação do que é atenção plena, atenção plena pode ser explicada como um conceito neutro, colocando-o em um contexto no qual associado ao mero 'estar atento'.

Cultivando o coração

  1. Conforme mencionado, a prática da atenção plena é cultivar uma atitude de amor e equanimidade. Isso só é possível quando a atenção plena é usada para se conectar com o coração.

Pratique o coração

  1. Cada aula de atenção plena é sobre cultivar o coração e praticar a chamada 'atenção plena do coração' ou 'atenção plena', um termo cunhado na literatura para indicar que a plena consciência juntos envolve desenvolver e abrir o coração. É aí que reside o verdadeiro potencial do que a atenção plena pode fazer pelo bem-estar de uma pessoa.

  2. Cada aula de atenção plena é sobre cultivar o coração e praticar a chamada 'atenção plena do coração' ou 'sinceridade', um termo cunhado na literatura para indicar que envolve desenvolver e abrir o coração. É aí que reside o verdadeiro potencial do que a atenção plena pode fazer pelo bem-estar de uma pessoa.



Donate - BNB: bnb16ghhqcjctncdczjpawnl36jduaddx5l4eysm5c