Filtro
Restabelecer
Ordenar porRelevância
vegetarianvegetarian
Restabelecer
  • Ingredientes
  • Dietas
  • Alergias
  • Nutrição
  • Técnicas
  • Cozinhas
  • Tempo
Sem


Salsa: benefícios para a saúde, valor nutricional e cultivo

  1. A salsa (Petroselinum crispum) é uma das ervas culinárias mais conhecidas e versáteis. A planta herbácea tem sido usada como erva culinária e medicinal desde tempos imemoriais. Hoje são conhecidas três variedades diferentes, que podem ser usadas de maneiras diferentes. A salsa encaracolada é um pouco grossa e tem um sabor menos pronunciado. A salsa de folhas planas ou a salsa italiana têm um sabor doce mais refinado. E ainda tem a raiz da salsa, que é usada com muito menos frequência.

O que é salsa?

  1. A salsa (Petroselinum crispum) é uma planta herbácea bienal, resistente, verde-escura, da família das toucas rendadas, que pode crescer até 100 centímetros. Ela cresce selvagem no Mediterrâneo e nas Ilhas Canárias. Devido ao seu efeito diurético, é usado, entre outras coisas, na medicina popular para o tratamento de infecções do trato urinário

Valor nutricional

  1. A planta fornece apenas cerca de 36 quilocalorias por 100 gramas e pode ser bem usada durante uma dieta. A salsa fornece vitaminas, minerais e fibras essenciais. Além dos óleos essenciais, a planta contém flavonóides, antioxidantes que protegem os tecidos e o DNA das células contra os radicais livres. Eles podem capturar substâncias indesejadas e torná-las inofensivas. Não se deve negligenciar o alto teor de vitamina C

Intoxicação de acônito azul

  1. No Dutch Journal of Medicine (NTvG) de 05-06-2009, é discutido o caso de uma mulher de 53 anos, que contatou um posto de GP por telefone após ter recebido um punhado de folhas picadas de acônito azul, supondo que fosse salsa. Alarmada com o gosto amargo, ela olhou a planta em um livro de plantas e descobriu que havia comido acônito azul por acidente. Como a quantidade declarada de material vegetal é potencialmente fatal, ela foi encaminhada pelo GP ao Departamento de Emergência (A&E) do hospital local. Lá seu estômago foi enxaguado e muito material vegetal foi recuperado. O carvão ativado também foi depositado no estômago. Ela foi internada no hospital para vigilância e no dia seguinte ela poderia ter alta sem mais queixas [!2]

  2. No Dutch Journal of Medicine (NTvG) de 05-06-2009, é discutido o caso de uma mulher de 53 anos, que contatou um posto de GP por telefone após ter recebido um punhado de folhas picadas de acônito azul, supondo que fosse salsa. Alarmada com o gosto amargo, ela olhou a planta em um livro de plantas e descobriu que havia comido acônito azul sem querer. Uma vez que a quantidade declarada de material vegetal é potencialmente fatal, ela foi encaminhada pelo clínico geral para o Departamento de Emergência (A&E) do hospital local. Lá seu estômago foi enxaguado e muito material vegetal foi recuperado. O carvão ativado também foi depositado no estômago. Ela foi internada no hospital para vigilância e no dia seguinte ela poderia receber alta sem mais queixas [!2]



Donate - BNB: bnb16ghhqcjctncdczjpawnl36jduaddx5l4eysm5c