Filtro
Restabelecer
Ordenar porRelevância
vegetarianvegetarian
Restabelecer
  • Ingredientes
  • Dietas
  • Alergias
  • Nutrição
  • Técnicas
  • Cozinhas
  • Tempo
Sem


Por que os pesquisadores estão desenvolvendo proteína humana em ovos de galinha?

Por que os pesquisadores estão desenvolvendo proteína humana em ovos de galinha?

  1. Os ovos de galinha sempre foram um item culinário em todo o mundo e são uma grande fonte de vitaminas, ácidos graxos e proteínas.

  2. Este, no entanto, não é o único uso. Atualmente, os cientistas usam esse tipo de ovo para produzir vacinas contra a gripe.

  3. Não é só isso - novas pesquisas estão investigando maneiras de cultivar citocinas humanas em ovos de galinha.

  4. As citocinas são proteínas sinalizadoras, muitas das quais influenciam o comportamento das células imunes, como parte da resposta imune do organismo.

  5. Os médicos prescrevem citocinas, em forma de droga, para tratar doenças como esclerose múltipla, hepatite C e até algumas formas de câncer.

  6. No ano passado, um estudo realizado por pesquisadores do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia Industrial Avançada de Osaka, Japão, analisou maneiras de produzir interferon beta humano - uma citocina usada no tratamento de múltiplas esclerose - em ovos de galinha.

  7. Agora, uma equipe de cientistas da Universidade de Edimburgo, no Reino Unido, sugere que também podemos cultivar outras citocinas - interferon alfa 2a (IFNalpha2a) e dois tipos de fator estimulador de colônias de fusão (CSF1) - em ovos de galinha.

  8. Esse método de cultivo de proteínas humanas - que podem tratar a hepatite e o câncer - poderia ser mais fácil e econômico do que as abordagens existentes, argumentam os pesquisadores. Suas descobertas aparecem na revista BMC Biotechnology.

Um novo método acessível

  1. No novo estudo, a equipe de pesquisa projetou galinhas geneticamente para produzir vários tipos de citocinas: IFNalpha2a e as versões humana e suína de CSF1.

  2. O IFNalpha2a possui propriedades antivirais e também pode ser usado em tratamentos contra o câncer, enquanto o CSF1 tem muito potencial nos processos de reparo de tecidos.

  3. Para cultivar essas citocinas, os pesquisadores as codificaram no DNA das galinhas, para que as proteínas façam parte das claras de ovos. Os investigadores explicam que, posteriormente, eles podem extrair facilmente as citocinas através de um sistema simples de purificação.

  4. Esse método, observa a equipe, não afeta o bem-estar das galinhas e seria uma maneira mais econômica de produzir citocinas terapêuticas em grandes quantidades, uma vez que apenas três óvulos são necessárias para produzir uma dose utilizável, e uma galinha pode botar até 300 ovos por ano.

  5. "Ainda não estamos produzindo medicamentos para as pessoas, mas este estudo mostra que as galinhas são comercialmente viáveis ​​para produzir proteínas adequadas para estudos de descoberta de drogas e outras aplicações em biotecnologia", explica o co-autor do estudo, Prof. Helen Sang, Ph.D.

'Desenvolvendo isso em todo o seu potencial'

  1. Embora a pesquisa atual seja apenas um estudo de prova de conceito, os autores observam que mostra que o método é viável e adaptável e que pode ajudar a melhorar o futuro da terapêutica.

  2. "Essas descobertas recentes fornecem uma prova promissora do conceito para futuras descobertas de medicamentos e o potencial para desenvolver medicamentos mais econômicos e baseados em proteínas", diz Ceri Lyn-Adams, Ph.D., chefe de estratégia na Bioscience for Health em Swindon, Reino Unido.

  3. No futuro, os pesquisadores esperam que esse método acessível permita que especialistas produzam proteínas de alta qualidade em grandes quantidades, embora acrescentem que ele também pode ter outras aplicações - por exemplo, em saúde Animal.

  4. "Estamos empolgados em desenvolver essa tecnologia em todo o seu potencial, não apenas para terapias humanas no futuro, mas também nos campos de pesquisa e saúde animal."

  5. Embora a pesquisa atual seja apenas um estudo de prova de conceito, os autores observam que mostra que o método é viável e adaptável e que pode ajudar a melhorar o futuro da terapêutica.

  6. "Essas descobertas recentes fornecem uma prova promissora do conceito para futuras descobertas de medicamentos e o potencial para desenvolver medicamentos mais econômicos e baseados em proteínas", diz Ceri Lyn-Adams, Ph.D., chefe de estratégia na Bioscience for Health em Swindon, Reino Unido.

  7. No futuro, os pesquisadores esperam que esse método acessível permita que especialistas produzam proteínas de alta qualidade em grandes quantidades, embora acrescentem que ele também pode ter outras aplicações - por exemplo, em saúde Animal.

  8. "Estamos empolgados em desenvolver essa tecnologia em todo o seu potencial, não apenas para terapias humanas no futuro, mas também nos campos de pesquisa e saúde animal."